Roteiro para a realização da virada de saldos no estoque

Fechamento do Estoque:

O objetivo deste roteiro é explicar, passo a passo, como proceder a virada de saldos no ambiente de Estoque e Custos.

A seguir, verifique os passos necessários para efetuar o fechamento de estoque:

1º. Passo – Verifique o conteúdo do parâmetro “MV_UMLMÊS”

Verifique o conteúdo do parâmetro “MV_ULMES” que informa a data do último fechamento de estoque realizado.

Esse parâmetro bloqueia a inclusão de movimentos nas tabelas “SD1 – Itens do documento de entrada”, “SD2 – Itens do documento de saída” e “SD3 – Movimentos internos” com datas iguais ou anteriores à data gravada em seu conteúdo.

Exemplo:

MV_ULMES = 20070101

Nesse exemplo, o último fechamento de estoque foi efetuado na data de 01/01/2007. Dessa forma, o Sistema não permite que sejam realizadas movimentações no estoque com data igual, ou anterior à 01/01/2007.

2º. Passo – Recálculo Custo de Entrada das mercadorias (verificar a necessidade)

Verifique a necessidade de executar a rotina Custo de Entrada.

Essa rotina tem a finalidade de recalcular o custo de entrada das mercadorias registradas no recebimento de materiais. Deve ser executada sempre que algum parâmetro influencie na alteração do custo do produto. Como por exemplo, a alteração do TES, alíquotas, cálculo de tributos, crédito de impostos etc.

O cadastro de TES (Tipos de Entrada e Saída) é responsável pela correta classificação dos documentos fiscais de entrada e saída registrados no Sistema.

Assim, se durante o período de fechamento do estoque ocorrer alguma alteração no cadastro de TES, efetue o processamento de cálculo da rotina Custo de Entrada. Caso contrário, não é necessária a execução desse passo.

3º. Passo – Inventário dos Produtos (verificar necessidade)

A forma adequada de corrigir diferenças nos saldos em estoque é por meio do inventário. Nessa forma de controle, é utilizada uma recontagem física de materiais, confrontando os resultados com os saldos fornecidos pelo Sistema.

Quando existir a necessidade de efetuar o ajuste de inventário, deve-se digitar o valor da contagem que é divergente na rotina Inventário.

O campo “Invent. em” armazena a data de digitação do inventário, que será utilizada nas rotinas Acerto de Inventário e Cálculo do Custo Médio.

Em seguida, para efetuar o ajuste do saldo em estoque, execute a rotina Acerto de Inventário.

Para o devido acerto de inventário, a data de seleção solicitada nos parâmetros da rotina, deve ser a mesma que a informada na digitação do inventário.

4º. Passo – Execute a rotina Saldo Atual (verificar necessidade)

A rotina Saldo Atual tem o objetivo principal de calcular e fornecer a posição do estoque mediante os movimentos do Sistema (notas fiscais de entrada e saída e movimentos internos no estoque).

Para cada item do estoque, o Sistema recalcula, em quantidade e valor, os saldos em estoque e os saldos iniciais.

5º. Passo – Recálculo do Custo Médio (procedimento obrigatório)

O objetivo da rotina Custo Médio é efetuar recálculo do custo médio ou contábil a cada valorização dos estoques dos produtos, com base nas novas entradas de matérias-primas somadas aos saldos existentes.

Para tanto, execute a rotina Custo Médio, que permite recalcular o custo médio dos itens movimentados no estoque, em que a data limite final solicitada na configuração dos parâmetros deve ser a mesma data da digitação do inventário ou a data utilizada no parâmetro da rotina Acerto de Inventário.

O custo médio pode ser recalculado de três formas diferentes:

• Sequencial – na ordem em que os movimentos aconteceram.

• Diária – pelos movimentos de cada dia.

• Mensal – pelos movimentos do mês.

No reprocessamento do custo médio, são eliminados todos os lançamentos contábeis já realizados e gerados novamente.

No custo diário/mensal, o Sistema considera primeiro as entradas (compras) e depois as saídas do período.

6º. Passo – Procedimento de conferência dos resultados

Antes de efetivar o fechamento do estoque no período e executar a Virada dos Saldos, é necessário emitir todos os relatórios de conferência do estoque, que possibilitam analisar a posição de estoque, verificar a movimentação diária dos produtos por meio do kardex, visualizar por tipo de material todas as entradas e saídas do estoque, entre outros.

Exemplo: Impressão do relatório de posição de estoque.

7º. Passo – Execute a rotina Virada dos Saldos (procedimento obrigatório)

Para efetuar o fechamento do estoque no final do período, execute a rotina Virada dos Saldos.

Essa rotina faz com que os saldos finais, calculados pela rotina Recálculo do Custo Médio, sejam transferidos como saldo inicial da data informada no parâmetro “Data-base para executar o fechamento”.

Ao realizar a Virada dos Saldos, o Sistema atualiza os registros do arquivo “SB9 – Saldos Iniciais”, que compõem os saldos iniciais do próximo período, com o saldo final obtido no Recálculo do Custo Médio.

Além disso, atualiza o parâmetro “MV_ULMES” com a data informada para fechamento. Assim, não permitirá que sejam efetuadas movimentações no estoque com data menor ou igual à data do fechamento.

2 comentários em “Roteiro para a realização da virada de saldos no estoque

  1. Ref ao fechamento do estoque de Dezembro fiz a virada de saldo no começo de fevereiro mas quando tirei o relatorio saldo em estoque e somei com as entradas o valor nao estava correto, pois percebi que o saldo somou com o consumo do mes de Dezembro.
    O que pode ter acontecido?

    1. – Você fez o fechamento do Estoque de Dezembro no mês de Fevereiro? Pode ter sido a data inserida no parâmetro MV_ULMES. Verifica a data, faça os procedimento e veja se a inconsistência ainda procede.

Deixe uma resposta